12 janeiro 2017

TRANSIÇÃO CAPILAR - Como tudo começou. #1

Hey meninas!

Desde que assumir meu cabelo natural comecei a passar pela famosa transição capilar que consiste em esperar o cabelo natural crescer enquanto vai cortando as partes que tem química ou você pode optar pelo big chop (grande corte) e eliminar toda a química do cabelo, não foi o meu caso que como muitas meninas não tenho essa coragem, ainda estou no processo de ir cortando aos poucos.

Conforme o crescimento do cabelo, começamos a conhecer nossa fibra capilar e não se preocupe muita coisa ainda vai mudar, no meu caso que passo por processos de alisamento desda infância com químicas para crianças, um absurdo eu sei, mas atire a primeira pedra quem nunca, não culpo minha mãe que se esforçava para fazer penteados e manter tudo no lugar, mas era minha vontade de se encaixar em um padrão de beleza existente na época.

Praticamente eu não conhecia como seria meu cabelo natural só sabia que era "ruim" nome erroneamente dado a cabelo crespo/cacheado/volumoso e eu ainda era sarará (branca, loira, olhos verdes e cabelo crespo, porém, entretanto, todavia, LINDA) o que me tornava mais fora do padrão ainda, e o conceito de branca, loiras, olhos verde e tals me perseguiram até pouco tempo atras, onde não me via de forma nenhuma assumindo meu cabelo crespo porque não combinavam com minhas características físicas, para mim só as morenas/negras podiam ter um black maravilhoso.

E então nega como tu chegou a essa decisão? Beleza, continua lendo que te explico tudo.

Durante esses processos químicos tive vários problemas como: pequenos ferimentos no couro cabeludo devido aos processos de alisamento e  corte químico quando o procedimento agride o fio de forma intensa levando-o a queda, e nem sempre não me sentia satisfeita com o resultado.

Depois do último corte químico,(tive vários cortes em algumas partes do cabelo e em épocas diferentes) que não foi tão sério comparado ao anterior que praticamente me deixou careca, resolvi que ninguém mais mexeria no meu cabelo e se passaram 2 anos eu cumprindo o que tinha dito, porém eu continua a frequentar salão para escovar o cabelo, isso foi péssimo porque nem a escova ficava tão boa por conta da raiz do cabelo e nem o fio que crescia sem química conseguia enrolar, o calor do secador e da prancha também impedem que o cabelo fique natural. 

Em junho de 2016 fui em um salão especializado em cabelos crespos e cortei foi um corte radical mas não havia retirado toda a química, já se passaram 7 meses e meu cabelo está cada dia mais natural e cacheado, sim meu cabelo "ex-ruim" é crespo e cacheado ao mesmo tempo, tô achando incrível e não vejo a hora de ter aquele black poderoso que você respeita.

Nesses últimos meses nada de escova e chapinha, e sim muito investimento em produtos e tratamentos, atualmente praticamente não vou a salão (a não ser para cortar) cuido em casa, preciso melhorar sempre, afinal este tipo de cabelo demanda bastante trabalho.

Tenho recebido muitas dúvidas à respeito de produtos e tratamentos então a partir de hoje teremos posts sobre cabelos mais especificamente sobre transição capilar.


 Foto 1: Atualmente. 6 meses após assumir a transição e parar totalmente de escovar e pranchar os cabelos, já mais volumoso e com um pouco mais de definição.

Foto 2: Assim que assumi o cabelo natural, como percebemos na imagem ainda tem muito alisamento, pouco volume e sem definição dos cachos.


Gostaram do post? Também está passando pela transição? Já passou? Me conta tudo aqui nos comentários. 

Me segue no instagram: @aanamarialima, estou sempre por lá.

Beijos!

Nenhum comentário:

Postar um comentário